Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Em Português


Dia de Camões, 10 de junio

Viernes, 08.06.12

Na passagem de mais um dia 10 de Junho, data em que se celebra Luís de Camões, a Fundação José Saramago evoca este poeta maior da literatura mundial que imortalizou a saga dos navegadores portugueses integrando-na História de Portugal até ao século XVI, num questionamento permanente da sua época.

"Nota para o dia de Camões", um artigo de Vasco Graça Moura publicado no Diário de Notícias, rexplica as razões por que o autor considera que Os Lusíadas constituem "uma elaborada epopeia do desvendamento do mundo e da aventura do conhecimento humano".

 Recorde-se a propósito a peça de teatro Que Farei com Este Livro? na qual José Saramago ficciona, baseado em factos históricos, a luta de Luís de Camões pela publicação de Os Lusíadas, num tempo conturbado em que a Inquisição detinha um enorme poder. Como refere Luiz Francisco Rebello no prefácio à peça de teatro, publicada em 1980, a obra fala "da condição do artista e dos 'desconcertos do mundo' que fizeram de Camões uma figura paradigmática do seu tempo, cujas contradições sofreu na carne e assumiu na sua obra, em que genialmente procurou superá-las".

A peça foi estreada em 1980 pelo Grupo de Teatro de Campolide/Companhia de Teatro de Almada, com encenação de Joaquim Benite, e deixa no ar a pergunta que Camões lança aos portugueses: "Que fareis com este livro?".

 

 

***

 

Último quadro da obra "Que Farei com Este Livro?"

 

SERVENTE

Senhor Luís de Camões, agora mesmo ia eu a vossa casa. Mas, já que vos encontrei, aqui tendes o que vos manda mestre António Gonçalves. É o primeiro que acabámos. (Retira-se)

 

LUÍS DE CAMÕES

(Segurando o livro com as duas mãos)

Que farei com este livro? (Pausa. Abre o livro, estende ligeiramente os braços, olha em frente.) Que fareis com este livro? (Pausa.)

 

VOZ FEMININA

(Leitura soletrada)

Os Lusíadas...

 

VOZ MASCULINA
(Idem)

... de Luís de Camões...

 

VOZ FEMININA

(Idem)

...Canto Primeiro... 

 

VOZES EM CORO

(Idem)

As armas e os barões assinalados

Que, da Ocidental praia Lusitana,

Por mares nunca dantes navegados, ...

 

(As vozes ir-se-ão sumindo de modo que mal seja ouvido já o cerso seguinte, ao mesmo tempo que a luz vai baixando, até à escuridão, ficando apenas um projetor a incidir no livro que Luís de Camões continua a segurar.)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago





Destacados

Ver todas las noticias

Amigos de la Fundación José Saramago


Librería/Tienda de la Fundación José Saramago


Además


Sonidos de la Fundación


Blimunda


Serviço educativo



La Fundación
Somos lo que dice el documento José Saramago firmado en Lisboa el 29 de junio de 2007. Somos la Fundación José Saramago.
Más información | E-mail

Buscar

Pesquisar no Blog  

La Casa dos Bicos

La Casa dos Bicos, edificio del siglo XVI situado en la calle Bacalhoeiros, Lisboa, es el hogar de la Fundación José Saramago.

La Casa dos Bicos se puede visitar de lunes a sábado de 10h a las 18h (última entrada a las 17h30m).
Leer más


A Casa José Saramago en Lanzarote

La casa hecha de libros se puede visitar de lunes a sábado de 10h a las 14h30. También se puede caminar virtualmente, aquí.

Reciba nuestro boletín de noticias


#saramago no Twitter



Archivo mensual

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

TripAdvisor

Parceiros institucionais:

Parceiro tecnológico:

Granta