Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Em Português


A Blimunda em Macau (5)

Lunes, 18.03.13

O festival literário de Macau, Rota das Letras, chegou ao fim. Nos últimos dois dias houve espaço para mais debates entre escritores, cinema (com a estreia em Macau de Na Escama do Dragão, de Ivo Ferreira), música (a cantora de Taiwan, Joanna Wang, actuou na sexta-feira e no sábado foi a vez de os Dead Combo e Camané conquistarem a plateia da Cotai Arena, na Taipa) e mais conversas, nomeadamente sobre a Festa Literária Internacional de Paraty, que está em Macau representada pelo seu director, Mauro Muñoz. No último debate, já apresentado como um pós-evento, ontem, mas ainda ecoando a energia que o festival imprimiu à cidade, Ricardo Pinto e Hélder Beja (o director e o sub-director do Rota das Letras, respectivamante) fizeram um balanço muito positivo da edição deste ano, que trouxe um número maior de convidados e conseguiu, através da dispersão dos locais do programa, chegar a um público muito mais diversificado, quer nas escolas que receberam os escritores, quer em espaços espalhados pela cidade como o Albergue, o Instituto Português do Oriente, o Centro Cultural de Macau ou a Casa Garden, onde se situa a Fundação Oriente.

Sem ponto de comparação relativamente à edição anterior, quem chega pela primeira vez fica com a impressão de que o Rota das Letras, estando ainda a dar os primeiros passos, tem as condições e a equipa necessárias para crescer sem trair os seus objectivos e para se afirmar como um espaço de discussão e encontro entre a literatura, as artes e o pensamento de autores de várias origens e expressões, nomeadamente entre autores da China continental, de Macau e dos países onde se fala português, já que esse é o ponto de partida deste projecto, ainda assim notoriamente disponível para convocar autores de outras origens, algo que só pode valorizar um encontro como este.

Sara Figueiredo Costa, com a Blimunda, em Macau.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago





Destacados

Ver todas las noticias

Amigos de la Fundación José Saramago


Librería/Tienda de la Fundación José Saramago


Además


Sonidos de la Fundación


Blimunda


Serviço educativo



La Fundación
Somos lo que dice el documento José Saramago firmado en Lisboa el 29 de junio de 2007. Somos la Fundación José Saramago.
Más información | E-mail

Buscar

Pesquisar no Blog  

La Casa dos Bicos

La Casa dos Bicos, edificio del siglo XVI situado en la calle Bacalhoeiros, Lisboa, es el hogar de la Fundación José Saramago.

La Casa dos Bicos se puede visitar de lunes a sábado de 10h a las 18h (última entrada a las 17h30m).
Leer más


A Casa José Saramago en Lanzarote

La casa hecha de libros se puede visitar de lunes a sábado de 10h a las 14h30. También se puede caminar virtualmente, aquí.

Reciba nuestro boletín de noticias


#saramago no Twitter



Archivo mensual

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

TripAdvisor

Parceiros institucionais:

Parceiro tecnológico:

Granta