Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Em Português


Periodista etíope detenida gana premio Unesco-Guillermo Cano

Martes, 16.04.13

A jornalista etíope Reeyot Alemu, que cumpre uma pena de cinco anos na prisão, venceu o Prémio UNESCO-Guillermo Cano de Liberdade de Imprensa 2013, por recomendação de um júri internacional de  profissionais da informação, em reconhecimento pela sua "excecional coragem, resistência e empenhamento na liberdade de expressão".

O júri assinalou a contribuição de Reeyot Alemu em várias publicações independentes, escrevendo textos críticos sobre temas políticos e sociais, com foco particular nas raízes da pobreza e igualdade de género.

Em 2010, Reeyot Alemu fundou uma editora e uma revista mensal chamada Change, que foram compulsivamente encerrados. Em junho de 2011, foi detida na escola onde dava aulas de inglês, acusada de terrorismo, e está a cumprir uma pena de cinco anos na prisão de Kality, na Etiópia. A pena inicial era de 14 anos, mas um tribunal superior retirou várias acusações de terrorismo e reduziu o tempo de prisão. Propuseram-lhe clemência se aceitasse testemunhar contra os seus colegas jornalistas e recusou, pelo que foi colocada numa cela solitária durante 13 dias. Em abril de 2012, foi hospitalizada para uma cirugia a um tumor no peito e foi depois reenviada para a prisão sem tempo de convalescença.

O prémio UNESCO-Guillermo Cano de Liberdade de Imprensa foi criado em 1997 e é anualmente atribuído no dia Internacional da Liberdade de Imprensa, 3 de maio, que este anos será assinaldao na Costa Rica. O prémio distingue o trabalho de alguém ou de uma organização que tenha dado uma contribuição assinalável em defesa e/ou na promoção da liberdade de expressão em qualquer parte do mundo, especialmente se essa atitude envolve riscos. Os candidatos são propostos pelos estados membro da Unesco e por organizações regionais ou internacionais ativas no jornalismo e na liberdade de expressão. Os laureados são escolhidos por um júri nomeado pelo Diretor-Geral da Unesco.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago





Destacados

Ver todas las noticias

Amigos de la Fundación José Saramago


Librería/Tienda de la Fundación José Saramago


Además


Sonidos de la Fundación


Blimunda


Serviço educativo



La Fundación
Somos lo que dice el documento José Saramago firmado en Lisboa el 29 de junio de 2007. Somos la Fundación José Saramago.
Más información | E-mail

Buscar

Pesquisar no Blog  

La Casa dos Bicos

La Casa dos Bicos, edificio del siglo XVI situado en la calle Bacalhoeiros, Lisboa, es el hogar de la Fundación José Saramago.

La Casa dos Bicos se puede visitar de lunes a sábado de 10h a las 18h (última entrada a las 17h30m).
Leer más


A Casa José Saramago en Lanzarote

La casa hecha de libros se puede visitar de lunes a sábado de 10h a las 14h30. También se puede caminar virtualmente, aquí.

Reciba nuestro boletín de noticias


#saramago no Twitter



Archivo mensual

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

TripAdvisor

Parceiros institucionais:

Parceiro tecnológico:

Granta