Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Em Português


Factor Universitario, un gran debate en Sevilla

Lunes, 18.02.13

Um excecional grupo de personalidades vai debater a educação pública nos dias 20, 21 e 22 de fevereiro em Sevilha na conferência "Factor Universitario",  com intervenção inaugural de Federico Mayor Zaragoza.

"Princípios essenciais e irrenunciáveis da Educação Superior" é o título da intervenção de Federico Mayor, presidente da Fundação para uma Cultura de Paz, dando o mote para um grande debate que junta reitores e professores das universidades de Espanha, pensadores, escritores, políticos, intelectuais e jornalistas.

Como anuncia a convocatória do encontro, estes princípios essenciais e irrenunciáveis  apontam para uma universidade "acessível a todos e baseada no principio da igualdade de oportunidades; que gera e transmite conhecimento e tecnologia, sendo imprescindível para o progresso da sociedade; capaz de elevar o nível cultural e o prensamento crítico dos jovens, construtores do futuro; autónoma, comprometida, excelente e de qualidade que necessita do apoio suficiente das administrações públicas para atingir os seus fins".

"Nos começos de 2013, um ano cheio de incertezas e expectativa, Factor Universitario: la educación pública a debate será um grande espaço de reflexão, discussão e crítica construtiva sobre o significado e a necessidade de uma Educação e uma Universidade Pública de qualidade ao serviço da sociedade". Abrimos um espaço em marcamos encontro com estudantes, professores e convidados, recordando e valorizando princípios essenciais que não devem ser manchados por nenhuma crise" - anuncia o mesmo documento.

Pilar del Río, presidenta da Fundação José Saramago, participará nesta conferência e será moderadora da sessão sobre o compromisso das universidades públicas com a sociedade, no dia 20 às 16h30, com a catedrática de Psicologia Trinidad Nuñez, o deputado Alberto Garzón, o professor Sami Nair (diretor do Centro Mediterráneo Andalusí da Universidade Pablo de Olavide, de Sevilha), e a cineasta Gracia Querejeta.

 

CICUS

andaluzia información

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago

Blimunda # 9, fevereiro 2013

Lunes, 18.02.13

Descarregar Blimunda # 9 português (pdf)


Quando foi criada, em 2007, a Fundação José Saramago assumiu como um dos seus objectivos a defesa e promoção da cultura nas suas mais diversas formas. O número de Fevereiro da Blimunda, que agora se publica, junta este objectivo a outro, também enunciado na Declaração de Princípios lavrada por José Saramago, o de recuperar autores, figuras da cultura que com o passar dos anos foram caindo numa zona de sombra que os afasta do contacto com o mundo. Por isso este número é dedicado a Michel Giacometti, uma das figuras fundamentais na recuperação do património cultural português.

Para o dossier organizado por Sara Figueiredo Costa contou-se com a colaboração de quatro figuras do panorama musical que, acompanhados de fotografias cedidas pelo Museu da Música Portuguesa, traçam um percurso pelos caminhos trilhados por Giacometti.

Mas a Blimunda está atenta ao futuro, e o futuro passa, segundo algumas opiniões, pelo digital. Acompanhou-se a primeira edição do Congresso ABC da Edição Digital, organizado pela Nave Especial, que junta a editora Pato Lógico à Biodroid, e publicam-se duas entrevistas a André Letria e Gemma Lluch realizadas por Andreia Brites.

A Saramaguiana, ponto de encontro mensal para os leitores de José Saramago, traz um texto de Augusto Rodrigues, Professor da Universidade de Brasília, lido no Congresso Sinfo Saramago, que teve lugar em Lisboa e que terá continuação nos próximos meses.

Boa leitura.

Blimunda 9 Fevereiro 2013 by Fundação José Saramago

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago

IV Encontro Livreiro

Lunes, 18.02.13

O IV Encontro Livreiro já tem data marcada. Dia 7 de abril é dia de rumar a Setúbal e à Livraria Culsete para um dia entre amigos, com (boas) conversas em torno de livros e de livrarias. Neste mesmo dia, o Encontro-Livreiro homenageia os livreiros Caroline Tyssen e Duarte Nuno Oliveira, da Livraria Galileu, em Cascais, distinguidos com o Prémio Livreiro da Esperança 2013. O Encontro Livreiro organizou, em parceria com a Fundação José Saramago, o Dia das Livrarias, que este ano conhecerá a sua segunda edição.
(A imagem do IV Encontro Livreiro é de autoria de Pedro Vieira)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago

Imagen de funeral de dos niños en Gaza ha ganado World Press Photo 2012

Viernes, 15.02.13

El fotógrafo sueco Paul Hansen ha ganado la 56º edición del World Press Photo, correspondiente a 2012, con una imagen de Gaza. La imagen muestra la desesperación de dos hombres palestinos que llevan el cadáver de unos niños, muy pequeños, envuelto en sábanas blancas. El galardón es el más importante de su clase en el mundo, y al jurado le ha impresionado la forma en que Hansen ha sabido plasmar esa tragedia: “Ahí está todo, el dolor y el enfado; la desesperación y la pérdida. La fuerza de la foto radica en ese contraste con la inocencia de los pequeños. No se puede olvidar”, ha dicho Mayu Mohanna, miembro peruana del jurado.

Hansen, que trabaja para el diario sueco Dagens Nyheter, explica que los hombres llevaban a los menores por las calles de Gaza hasta la mezquita. El cadáver del padre sigue detrás, en una camilla, y envuelto también en lienzos blancos. Los chicos, Suhaib Hijzi y su hermano, Mohamed, tenían dos y tres años y perecieron en el bombardeo que destruyó su casa. El misil que reventó el edificio provenía del Ejército israelí.

El fotógrafo español Bernart Armangue (Barcelona, 1978) gana en la categoría de Spot news stories (historias de actualidad) con una imagen también tomada en Gaza, el pasado noviembre, para la agencia Associated Press donde trabaja.

El español Samuel Aranda fue el vencedor del certamen en 2011, con la imagen de un herido en Yemen durante las revueltas de la Primavera Árabe. Publicada en The New York Times, y tomada en la capital Sana, mostraba a una mujer cubierta con un velo consolando a un familiar herido.

El World Press Photo fue creado en Holanda en 1955, cuando los fotógrafos nacionales transformaron su propio concurso en uno internacional. El primer trofeo fue entregado en Ámsterdam. La Cámara de Plata holandesa se sigue otorgando, pero el poder de convocatoria de World Press Photo fue inmediato: el primer año, 42 fotógrafos de 11 países presentaron 300 imágenes. Para 1990, los aspirantes al premio sumaban ya 1.280 llegados de 64 países y con 11.043 fotos. Esta vez, han sido 5.666 candidatos de 124 países, con 103.481 fotos en mano. Además de 10.000 euros en efectivo, el ganador Hansen se llevará una cámara Canon y un lote de lentes.

 

El Pais

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago

Em 2006, Saramago apelou à mobilização dos homens contra a violência de género

Jueves, 14.02.13
Declarações de José Saramago no programa Páginas Soltas, na SIC Notícias em 2006

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago

Bailar en el V Day contra la violencia sobre las mujeres y las niñas

Jueves, 14.02.13

Dançar contra a violência sobre as mulheres e as meninas é o tema do Dia V - V-Day/One Billion Rising - que hoje é festejado em todo o mundo. Em Portugal estão previstas 200 ações, duas das quais em Lisboa, aqui bem perto da Casa dos Bicos: uma flash mob das 13h00 às 14h00, no Martim Moniz, e às 17h30 uma dança coletiva no Largo de Camões, na qual podem integrar-se todas as pessoas que o desejem.

A luta contra a violência sobre as mulheres foi assumida como essencial por José Saramago, que escreveu, fez declarações e foi um ativo dinamizador de uma campanha internacional que exigia medidas urgentes para acabar com esta crime. Para Saramago, como podemos ver nesta entrevista a uma televisão espanhola em 2006, era fundamental  - era "uma ideia utópica" - que os homens lutassem contra esta violência.

 

O nome da campanha One Billion Rising (www.onebillionrising.org) resulta de uma estatística das Nações Unidas que diz que "mil milhões de mulheres - uma em cada três - serão violadas e agredidas no planeta durante a sua vida".

Às 13h00, a Associação Comunidária promove uma flash mob no Martim Moniz, juntando-se a este que será "o maior dia de ação na história do V-Day", o movimento ativista global para o fim da violência contra mulheres e meninas que se iniciou há 15 anos por iniciativa da dramaturga Eve Ensler. “Quando começamos o V-Day, há 14 anos atrás, tinhamos a ideia 'ultrajante' de que poderíamos pôr um fim à violência contra as mulheres”, disse Ensler, a autora premiada que escreveu "Monólogos da Vagina" (interpretado exemplarmente em Portugal por Guida Maria). “Agora estamos tanto atordoadas/os como empolgadas/os em ver que esta acção global está realmente a escalar e a ganhar força, entre sindicalistas, membros do parlamento, celebridades e mulheres de todas as origens que dão a cara para se juntar à campanha."

A eurodeputada socialista Ana Gomes é a dinamizadora de "@ menin@ dança?", uma dança coletiva no Largo de Camões, às 17h30, a que aderiram organizações como a Associação Portuguesa de Apoio à Vitima, a associação portuguesa de Mulheres Juristas, a ILGA Portugal, a União de Mulheres Alternativa e Resposta (UMAR) , a Amnistia Internacional e o Chapitô. "@ menin@ dança?" é uma coreografia para a música "Break the Chain", feita com a colaboração do bailarino Marco De Camillis. A ideia de dançar contra a violência foi proposta por Eve Ensler, dpois de ter visitado uma comunidade na República Democrática do Congo, onde as mulheres, altamente vulneráveis à violência, saram as feridas através da dança: "Vi o poder da dança e comecei a pensar o que seria se mil milhões de mulheres, e todos os homens que as amam, dançassem no mesmo dia, em todo o planeta", explicou Eve Ensler, em teleconferência com jornalistas de todo o mundo, informou a Lusa.

O Dia V toma três significados hoje, 14 de fevereiro: Vitória, Valentim e Vagina.

 

One Billion Rising

APAV

Comunidária

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago






Destacados

Ver todas las noticias

Amigos de la Fundación José Saramago


Librería/Tienda de la Fundación José Saramago


Además


Sonidos de la Fundación


Blimunda


Serviço educativo



La Fundación
Somos lo que dice el documento José Saramago firmado en Lisboa el 29 de junio de 2007. Somos la Fundación José Saramago.
Más información | E-mail

Buscar

Pesquisar no Blog  

La Casa dos Bicos

La Casa dos Bicos, edificio del siglo XVI situado en la calle Bacalhoeiros, Lisboa, es el hogar de la Fundación José Saramago.

La Casa dos Bicos se puede visitar de lunes a sábado de 10h a las 18h (última entrada a las 17h30m).
Leer más


A Casa José Saramago en Lanzarote

La casa hecha de libros se puede visitar de lunes a sábado de 10h a las 14h30. También se puede caminar virtualmente, aquí.

Reciba nuestro boletín de noticias


#saramago no Twitter



Archivo mensual

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

TripAdvisor

Parceiros institucionais:

Parceiro tecnológico:

Granta