Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Em Português


Nada tenho de meu

Miércoles, 22.02.12

O realizador português Miguel Gonçalves Mendes e os escritores brasileiros Tatiana Salem Levy e João Paulo Cuenca viajaram até ao Extremo Oriente para uma troca de experiências com artistas e pensadores de Macau, Hong Kong, Vietname, Cambodja e Tailândia. Desse contacto, que surgiu depois dos 3 autores terem sido convidados a estar presentes no 1º Festival Literário de Macau - Rota das Letras, nascerá a série de vídeos “Nada tenho de meu”, descrita pelos seus autores como “uma mistura de caderno de viagens e ficção” que o Público Online começará a publicar a partir desta quinta-feira.

À medida que a viagem se desenrola, serão publicados episódios que incluirão textos e imagens dos três autores, que estarão atrás e à frente das câmaras. Depois deste mosaico videográfico, produzido pela JumpCut, a viagem de Mendes, Levy e Cuenca resultará numa longa-metragem e numa série de televisão.

Os primeiros episódios da série têm como cenário Macau e contam com a participação dos escritores Lolita Hu e Sutong e da actriz Margarida Vila-Nova e do realizador Ivo Ferreira.

A escritora Tatiana Salem Levy nasceu em Lisboa em 1979, mas foi para o Brasil com nove meses. Publicou o ensaio “A experiência do fora: Blanchot, Foucault e Deleuze” e os romances “A Chave de Casa” (Prémio São Paulo de Literatura 2008) e “Dois Rios”.

O realizador Miguel Gonçalves Mendes nasceu na Covilhã em 1978. Frequentou os cursos de Relações Internacionais e Arqueologia, e licenciou-se em Cinema pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Realizou vários documentários e longas-metragens, como “José e Pilar – um retrato de José Saramago e Pilar del Río”. Em 2002, fundou a JumpCut, produtora nas áreas do teatro e do audiovisual. Prepara neste momento a adaptação cinematográfica do romance de José Saramago “O Evangelho Segundo Jesus Cristo”.

O escritor João Paulo Cuenca nasceu no Rio de Janeiro em 1978. É autor dos romances “Corpo presente” (2003), “O dia Mastroianni” (2007) e “O único final feliz para uma história de amor é um acidente” (2010). Entre 2003 e 2010 escreveu crónicas semanais para vários jornais, entre os quais “Tribuna da Imprensa”, “Jornal do Brasil” e “O Globo”.

Fonte: Público

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago





Destacados

Ver todas las noticias

Amigos de la Fundación José Saramago


Librería/Tienda de la Fundación José Saramago


Además


Sonidos de la Fundación


Blimunda


Serviço educativo



La Fundación
Somos lo que dice el documento José Saramago firmado en Lisboa el 29 de junio de 2007. Somos la Fundación José Saramago.
Más información | E-mail

Buscar

Pesquisar no Blog  

La Casa dos Bicos

La Casa dos Bicos, edificio del siglo XVI situado en la calle Bacalhoeiros, Lisboa, es el hogar de la Fundación José Saramago.

La Casa dos Bicos se puede visitar de lunes a sábado de 10h a las 18h (última entrada a las 17h30m).
Leer más


A Casa José Saramago en Lanzarote

La casa hecha de libros se puede visitar de lunes a sábado de 10h a las 14h30. También se puede caminar virtualmente, aquí.

Reciba nuestro boletín de noticias


#saramago no Twitter



Archivo mensual

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

TripAdvisor

Parceiros institucionais:

Parceiro tecnológico:

Granta