Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Em Português

Centenário de Jorge Amado e Luiz Gonzaga

Lunes, 05.11.12

A Presidente do Brasil , Dilma Rousseff, presidiu hoje à celebração do Dia Nacional da Cultura e prestou homenagem ao escritor Jorge Amado e ao músico popular Luiz Gonzaga, que completariam cem anos de idade em 2012."Já não estão connosco, mas deixaram um legado que nos marca para sempre” e “permite conhecer melhor o Brasil”, um país cuja cultura tem por principal caraterística a “diversidade”, disse Dilma, numa cerimónia no palácio presidencial, em Brasília.Segundo a Chefe de Estado, “a cultura é intemporal, mas reflete o momento histórico, mais do que qualquer outra manifestação humana”. Esta é uma caraterística presente, quer na obra de Jorge Amado, quer na herança musical de Gonzaga.Jorge Amado, autor de clássicos como "Dona Flor e os seus Dois Maridos ", "Gabriela" ou "Tieta do Agreste", morreu em 2001 e faria cem anos em 2012.Luiz Gonzaga, falecido em 1989 e conhecido como “Rei do Baião”, é autor, entre muitos outros clássicos, de “Asa Branca”, que a cantora Elba Ramalho interpretou na ocasião.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago

Documental "Jorge Amado" todos los jueves hasta el 20 septiembre

Martes, 21.08.12

A exibição do documentário "Jorge Amado", na quinta-feira passada, foi tão animada que resolvemos continuar. Todas as quintas-feiras até 20 de setembro, data de encerramento da exposição, vamos ter sessões às 15h30 (se aparecerem muitos retardatários, repetimos logo a seguir). Assim, a 30 de agosto, 6, 13 e 20 de setembro, teremos "Jorge Amado", de Lilia Schwarcz e João Moreira Salles, no auditório da Fundação José Saramago, na Casa dos Bicos, em Lisboa. A "fita" dá direito a fitinhas à maneira do Bonfim, com frases de Jorge Amado.

No âmbito das celebrações dos 100 anos do escritor baiano, esta sessão é aberta aos visitantes da Casa dos Bicos (sujeita à lotação da sala). A projeção é feita na mesma sala onde está patente a exposição de livros, fotografias e correspondência de Jorge Amado, inaugurada no dia do 100.º aniversário - 10 de agosto.

As iniciativas da Fundação José Saramago em torno do centenário do escritor brasileiro têm a colaboração da Fundação Casa de Jorge Amado e da editora Companhia das Letras.

 

Veja aqui o trailer

 

 

 

A projeção é feita na mesma sala onde está patente a exposição de livros, fotografias e correspondência de Jorge Amado, inaugurada no dia do 100.º aniversário - 10 de agosto.

As iniciativas da Fundação José Saramago em torno do centenário do escritor brasileiro têm a colaboração da Fundação Casa de Jorge Amado e da editora Companhia das Letras.

 

Veja aqui o trailer

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago

Exposição "Jorge Amado 100 Anos", na Fundação José Saramago

Lunes, 13.08.12

A celebração dos 100 anos de Jorge Amado começou no dia 10 de agosto e prolonga-se até ao proximo dia 20 de setembro.

Depois da energia e da festa da capoeira na rua e de uma sessão intimista, emotiva e vibrante no Auditório da Casa dos Bicos, este espaço acolhe agora a exposição "Jorge Amado 100 Anos", dedicada ao escritor baiano. Nela podem ser vista a totalidade da sua obra, um conjunto de fotografias do autor e de autoria da sua esposa Zélia Gattai, uma mostra da correspondência trocada entre Saramago e Jorge Amado. Para audição temos um conjunto de textos de Amado lidos por atores brasileiros e vários dos seus livros estão também disponíveis para leitura. Durante um mês e dez dias, a Casa dos Bicos é também a Casa Jorge Amado, em Lisboa.

A exposição pode ser visitada de segunda a sexta, das 10 às 18 horas (última entrada às 17.30) e aos sábados, das 10 às 14 horas (última entrada às 13.30).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago

Celebramos la vida: 100 años de Jorge Amado!

Viernes, 10.08.12

Hoje vamos celebrar com alegria os 100 anos de Jorge Amado, o baiano que todos os dias festejava a vida e que criou personagens que são parte do nosso imaginário. Gabriela, os Capitães da Areia, Os Velhos Marinheiros, todos vão estar connosco à beira Tejo.

Uma explosão de energia na rua, com capoeira com os Nação Arte Pura de André Vieira, às 18h00. Depois, um espetáculo mais íntimo no nosso auditório, com Vera Barbosa a ler excertos da obra do baiano, a cantar as canções do universo de Amado, acompanhada ao violão por João Maló. A envolver tudo, uma exposição de livros, fotografias e cartas que fica na Fundação até 20 de setembro.

O lugar está assinalado, é fácil reconhecê-lo: a Casa dos Bicos tem Jorge Amado e José Saramago à conversa na fachada, com uma foto tirada em frente à Fundação Casa de Jorge Amado, em Salvador.

Restaurantes da vizinhança vão fazer comida brasileira, outros optaram por reforçaer os petiscos portugueses mais apreciados no Brasil.

Uma festa feita de literatura e amizade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago

Jorge Amado 100 años, viernes próximo

Lunes, 06.08.12

Isto não são serpentinas de carnaval, são fitinhas do bonfim com frases de Jorge Amado, acabadas de chegar do Brasil para a nossa festa de celebração dos 100 anos do escritor baiano. Sabemos que hoje, dia 6, passam onze anos sobre a morte do autor de Capitães da Areia, mas preferimos festejar a vida. Na sexta-feira, dia 10, a partir das 18h00 há exibição de capoeira com os Arte Pura no terreiro em frente à Casa dos Bicos e depois uma sessão de palavras e música no auditório da Fundação, com a atriz Vera Barbosa.

Venha mais cedo e aproveite para visitar a Fundação e ver a exposiçãoJosé Saramago. A Semente e os Frutos, e depois verá ainda a exposição de livros, fotografias, filmes e correspondência trocada por Saramago e Jorge Amado. Uma festa feita à volta da literatura e da amizade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago

Jorge Amado, 100 anos

Viernes, 03.08.12

Na próxima sexta-feira, 10 de agosto, cumprem-se 100 anos sobre o nascimento do escritor brasileiro Jorge Amado, o autor de Capitães da Areia (1937) e Gabriela, Cravo e Canela (1958). É um momento certo para festejarmos a literatura e a amizade.

No terreiro em frente à Casa dos Bicos, teremos pelas 18h00 uma apresentação do grupo Arte Pura Capoeira. A seguir, no auditório da Casa dos Bicos, haverá uma sessão de música e leituras encenadas pela atriz Vera Barbosa, acompanhada pelo violonista João Maló. No mesmo espaço, recordamos o escritor baiano com uma exposição de livros, fotografias, correspondência trocada com José Saramago, filmes e música.

Tudo começou com uma vizinha brasileira que bateu à nossa porta há poucas semanas para propor uma celebração dos 100 anos de Jorge Amado. Paulista e dona de um currículo extenso, Vera Barbosa vive muito perto da Casa dos Bicos e tinha pensado numa sessão intimista, com textos e canções.

A sugestão não podia ter sido mais acertada: Jorge Amado e José Saramago foram amigos, cruzaram-se em vários pontos do mundo, visitaram-se mutuamente, trocaram cartas, confidências, opiniões. Admiravam a obra literária um do outro.

A visita de Vera desencadeou uma série de ideias que fomos conseguindo pôr em prática com a cumplicidade de velhos e novos amigos. Sabendo que agosto é um mês difícil para organizar atividades em Lisboa, decidimos fazer agora uma festa e deixar para o outono iniciativas de cariz mais institucional.

Do Brasil – da Companhia das Letras e da Fundação Casa Jorge Amado – vieram as obras completas, fotografias, gravações, e até fitinhas à maneira do Bonfim, com frases de Jorge Amado. Ao acervo da Fundação fomos buscar cartas trocadas entre os dois escritores e mais fotografias, além das que estão visíveis n' “A Semente e os Frutos”, a exposição que inaugurámos no dia em que abrimos as portas da Casa dos Bicos, a 13 de junho último. Aos restaurantes da vizinhança propusemos que sirvam comidas e bebidas brasileiras na tarde e noite de 10 de agosto.

Vera Barbosa, a atriz, música e encenadora paulista, chegou a Lisboa há poucos meses, depois de feito a Curadoria e a direcção artística do Projeto Encontros do Metrô de São Paulo. Vive entre Lisboa e São Paulo, onde desenvolve trabalho em diferentes áreas artísticas, frequentemente em relação com a literatura. Entre muitos outros projetos, foi assistente de realização da série Os Maias, adaptação do romance homónimo e de A Relíquia de Eça de Queirós por Maria Adelaide Amaral para a TV Globo. É ela a autora do guião para a sessão de Cem anos de Jorge Amadoque apresenta no auditório da Fundação Saramago na 10 de agosto.

André Luiz Vieira, o Contramestre E.T. da Arte Pura Capoeira e Danças Brasileiras, que recentemente montou um espetáculo baseado nos Capitães da Areiade Jorge Amado, organizou em pouco tempo o espetáculo que nos vai trazer. Profissional com longa carreira e contramestre de capoeira na Casa do Brasil em Lisboa, ele reserva tempo para voluntariado na Associação de Solidariedade Social do Alto da Cova da Moura, na Amadora.

A montagem da festa não estaria completa sem uma identificação gráfica: o designer Jorge Silva foi paciente com as nossas ideias, hesitações e projetos mais ou menos realizáveis. O resultado é simples e direto como o é sempre o deste profissional experiente. Uma imagem que poupa muitas palavras: Jorge Amado e José Saramago, sentados à conversa em Salvador da Baía.

JORGE AMADO, 100 ANOS
10 de agosto de 2012, 18h00
Fundação José Saramago, Casa dos Bicos
Entrada livre sujeita à lotação da sala

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago





Destacados

Ver todas las noticias

Amigos de la Fundación José Saramago


Librería/Tienda de la Fundación José Saramago


Además


Sonidos de la Fundación


Blimunda


Serviço educativo



La Fundación
Somos lo que dice el documento José Saramago firmado en Lisboa el 29 de junio de 2007. Somos la Fundación José Saramago.
Más información | E-mail

Buscar

Pesquisar no Blog  

La Casa dos Bicos

La Casa dos Bicos, edificio del siglo XVI situado en la calle Bacalhoeiros, Lisboa, es el hogar de la Fundación José Saramago.

La Casa dos Bicos se puede visitar de lunes a sábado de 10h a las 18h (última entrada a las 17h30m).
Leer más


A Casa José Saramago en Lanzarote

La casa hecha de libros se puede visitar de lunes a sábado de 10h a las 14h30. También se puede caminar virtualmente, aquí.

Reciba nuestro boletín de noticias


#saramago no Twitter



Archivo mensual

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

TripAdvisor

Parceiros institucionais:

Parceiro tecnológico:

Granta