Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Em Português

"El viaje del elefante" - 14 e 15 de septiembre, 21h30, en la Plaza del Ayuntamiento

Viernes, 13.09.13

--

Ver a galeria de fotografias dos espectáculos de Lisboa

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago

Salomão llega a Lisboa el 10 de septiembre y necesita gente para el Viaje!

Miércoles, 28.08.13

 

 

 

O elefante Salomão chega a Lisboa no dia 10 de setembro, para se preparar para os dois espetáculos das noites de 14 e 15, na Praça do Município. Na primeira noite, ficará no terreiro em frente à Casa dos Bicos para contar as suas viagens à população da capital, visitar a oliveira que guarda as cinzas de José Saramago e encher de alegria a Fundação.

Acontece que Salomão precisa de gente para o acompanhar na Viagem de Lisboa a Viena nas noites de sábado (14) e domingo (15), quando a cidade fecha este ano o programa Lisboa na Rua.

A participação de pessoas das terras por onde A Viagem do Elefante se tem apresentado, desde a estreia em Figueira de Castelo Rodrigo em 29 de junho, tem sido emocionante. Há mesmo voluntários que não perdem um espetáculo e andam de terra em terra com a ACERT.

Mas o Elefante tem memória e não esquece que foi a população de Lisboa que lhe fez companhia quando, lá por 1550, veio da Índia e ficou na zona de Belém, até que D. João III resolveu oferecê-lo ao imperador Maximiliano. Grato a todos os que o têm ajudado a fazer a Viagem, quer agora ter gente de Lisboa a acompanhá-lo!

Quem quiser participar nos espetáculos de Lisboa pode inscrever-se através do link

http://www.acert.pt/aviagemdoelefante/posts/inscricao-em-lisboa/

Antes de vir para Lisboa, o Elefante Salomão encontra-se esta semana em Castelo Branco (espetáculo a 31 de agosto), e depois segue para Tondela, a casa do Trigo Limpo teatro ACERT, onde se apresenta nos dias 7 e 8 de setembro. Depois do fim de semana lisboeta, Salomão atravessa a fronteira e vai terminar a digressão deste ano em Rivas, Madrid, visitando assim a casa dos dois Flor de Jara - Luís Pastor, o autor da música, e Lourdes Guerra, que com ele completa a parte musical da Viagem.

A Fundação José Saramago, que é parceira do projeto A Viagem do Elefante, baseado na obra homónima do Nobel da Literatura, convida a população de Lisboa a vir conhecer Salomão na noite de 10 de setembro. E prepara-se para participar ativamente nas produções de 14 e 15, ao lado de D. João III, do cornaca Subhro e dos soldados que vão acompanhar a Viagem. Venha juntar-se a nós!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago

Una librería con traducciones de autores portugueses circula en Lisboa: Tell a story

Martes, 13.08.13

Livros de autores portugueses estão à venda na TELL A STORY, uma livraria móvel que circula por Lisboa, para dar a conhecer aos estrangeiros que nos visitam os escritores nacionais traduzidos para inglês, francês, alemão e espanhol. Nesta foto, a livraria está no Príncipe Real, mas pode encontrá.la em Belém ou no Cais do Sodré, conforme as andanças da carrinha.

Mais informação do projecto no site  www.tellastory.pt

 

Público

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago

Miles de personas han visto el espectáculo multimedia del Arco da Rua Augusta

Martes, 13.08.13

Milhares de pessoas já se maravilharam com o espetáculo multimédia que, três vezes por noite, ilumina e dá vida ao Arco da Rua Augusta e aos edifícios contíguos. Eis uma imagem da parte final do espetáculo, com os rostos de gente que mexeu com a cidade: de Agostinho da Silva a Natália Correia, de José Saramago ao general Humberto Delgado, de José Afonso a Florbela Espanca.

Os espetáculos são sempre às 21h30, 22h30 e 23h30, com a possibilidade de interações nos intervalos.

O Arco, recuperado, é agora visitável ao longo do dia, proporcionando aos visitantes uma excecional vista panorâmica sobre Lisboa e o Tejo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago

Arco da Rua Augusta recuperado fica acessível ao público a partir do dia 9 de agosto

Miércoles, 07.08.13

Uma belíssima vista sobre o Tejo, enquadrada pelo Terreiro do Paço, vai estar acessível ao público a partir de 9 de agosto, com a abertura do recuperado Arco da Rua Augusta. Para festejar esta inauguração, haverá até ao dia 18 espetáculos multimédia em três sessões diárias, às 21h30, 22h30 e 23h30.

Esta é uma das obras emblemáticas da reabilitação da Baixa Lisboeta, pela Câmara Municipal.

Este arco do triunfo foi programado em 1759, na época da reconstrução pombalina, com desenho de Eugénio dos Santos, e ficou concluido em 1875. No arco recortam-se as estátuas de Viriato, Vasco da Gama, D. Nuno Álvares Pereira e Marquês de Pombal ladeadas pelas representações alegóricas dos rios Tejo e Douro, todas elas da autoria do escultor Vítor Bastos. Acima do arco é visível uma composição escultórica relevada tendo por motivo central a pedra de armas de Portugal. Em cima, um grupo escultórico alegórico, "A Glória coroando o Génio e o Valor", modelado pelo escultor francês Anatole Calmels.

Para passar mais uns belos momentos no coração de Lisboa, é de aproveitar para fazer uma visita à exposição "A Última Fronteira – Lisboa em Tempos de Guerra" no Torreão Poente do Terreiro do Paço, onde se irá localizar o novo núcleo sede do Museu da Cidade. Na base da exposição, dedicada aos anos 1940, está o livro "Lisboa, uma Cidade em Tempos de Guerra", de Margarida Magalhães Ramalho, que é comissária da mostra com António Mega Ferreira. Fotografias, documentos, trajes e objetos de decoração, reproduções de cartazes publicitários, mobiliário comercial, doméstico e urbano, maquinaria de comunicação, acessórios e filmes ilustram o papel da cidade no tempo da Segunda Guerra Mundial, época em que Lisboa se tornou um horizonte de esperança para milhões de pessoas, um oásis de neutralidade, a última fronteira para o acesso à liberdade.

 

Agenda Cultural LX

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago

Blimunda # 14, julio 2013

Sábado, 20.07.13

Descarregar Blimunda # 14 português (pdf)

De que forma pode o quarto poder sobreviver à encruzilhada? A Blimunda de julho tenta perceber que caminhos podem ser percorridos, através de um texto de Sara Figueiredo Costa e das respostas de três jornalistas que em Espanha, Portugal e Grécia fazem do jornalismo um processo sério, rigoroso e sem cedências. Um dossier de leitura recomendada para discutir perspectivas de futuro para um dos pilares dos estados democráticos.

No infantil e juvenil, uma viagem de Andreia Brites aos "Encontros" que Margarida Botelho promove em torno dos livros, da educação pela arte, com paragens em Moçambique e na Amazónia. Um testemunho da forma como estes caminhos considerados por muitos como alternativos assumem uma importância cada vez maior na construção de novos cidadãos, no pleno respeito pela diversidade cultural.

A fechar, a Saramaguiana de julho centra-se em dois locais fundamentais para a vida e obra de José Saramago. Nas palavras do próprio, recuperamos os textos sobre a cidade de Lisboa que integram o livro Viagem a Portugal, no primeiro de três excertos que terão continuação em agosto e setembro. Sobre Lanzarote, o diário de viagem do jornalista Ricardo Viel, que visitou a ilha que tambem é de Saramago no passado mês de junho, quando se inaugurou a rotunda com o nome do Escritor.

Tudo isto e muito mais, na Blimunda de julho.

Boas leituras!

Blimunda N.º 14 - julho 13 by Fundação José Saramago

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Fundación Saramago





Destacados

Ver todas las noticias

Amigos de la Fundación José Saramago


Librería/Tienda de la Fundación José Saramago


Además


Sonidos de la Fundación


Blimunda


Serviço educativo



La Fundación
Somos lo que dice el documento José Saramago firmado en Lisboa el 29 de junio de 2007. Somos la Fundación José Saramago.
Más información | E-mail

Buscar

Pesquisar no Blog  

La Casa dos Bicos

La Casa dos Bicos, edificio del siglo XVI situado en la calle Bacalhoeiros, Lisboa, es el hogar de la Fundación José Saramago.

La Casa dos Bicos se puede visitar de lunes a sábado de 10h a las 18h (última entrada a las 17h30m).
Leer más


A Casa José Saramago en Lanzarote

La casa hecha de libros se puede visitar de lunes a sábado de 10h a las 14h30. También se puede caminar virtualmente, aquí.

Reciba nuestro boletín de noticias


#saramago no Twitter



Archivo mensual

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

TripAdvisor

Parceiros institucionais:

Parceiro tecnológico:

Granta